Falha no Java ameaça usuários de Internet Banking no País

Falha no Java ameaça usuários de Internet Banking no País

Vulnerabilidade, que está sendo ativamente explorada, abre porta no sistema para a instalação de vírus; veja como se proteger

recém-descoberta falha no padrão Java é uma grave ameaça contra a maioria dos usuários de Internet Banking do País, alertam pesquisadores de segurança.

O problema central é que a maioria dos grandes bancos brasileiros, como Itau, Santander, CEF e Banco do Brasil, exige a instalação do Java para permitir o acesso aos serviços online. “Essa exigência começou com os teclados virtuais, feitos para impedir a ação de vírus que gravam a digitação no micro”, explica o analista-senior de malware da Kasperky Lab no Brasil, Fabio Assolini. “Só que agora ela é um tiro no pé, pois está sendo usada para roubar contas”.

O bug do Java é do tipo 0-day – desconhecido e ainda sem correção. Os ataques contra os usuários são feitos por meio de sites contaminados com o código malicioso (exploit). Para ser infectado, basta visitar o endereço – caso a máquina não esteja protegida, o processo é automático e silencioso.

Segundo Assolini, o exploit contra o Java, que vem sendo testado desde o final do ano passado, abre uma porta no sistema do usuário para a injeção de um vírus. “No Brasil, 99% dos cibercriminosos optam por instalar um Trojan bancário“, diz. Esse malware captura as credenciais do internauta e as manda para o cracker.

“Há múltiplas redes de publicidade (ad networks) redirecionando para sites infectados, ampliando o problema. Encontramos anúncios em sites legítimos, especialmente na Inglaterra, Brasil e Rússia, que levam para domínios com o exploit. Isso inclui sites de previsão do tempo, notícias e, claro, pornografia”, disse o pesquisador Kurt Baumgartner, da Kaspersky Lab.

Usuários que têm versões atualizadas de bons antivírus não correm risco, explica o analista. No entanto, muitos dos 42 milhões de internautas brasileiros que usam Internet Banking são alvos fáceis dessa vulnerabilidade. “Outro problema é que o Java não tem uma política de update automático, como o do navegador Chrome”, aponta.

Use dois navegadores
A principal medida para evitar qualquer problema é simplesmente desinstalar o Java. Para isso, basta ir ao Painel de Controle do Windows, selecionar o ícone Adicionar-Remover Programas e clicar sobre o nome do programa, que aparece como Java(TM).

No entanto, essa solução não é válida para quem tem conta em um banco que exige o padrão. Neste caso, a dica é o uso de dois navegadores, recomenda Assolini. Um, com o Java habilitado, exclusivamente para o acesso ao Internet Banking. O outro para a navegação “normal”.

Como desabilitar
Para desativar os plugins Java, basta acessar as configurações do navegador. Veja como:

No Chrome, digite chrome://plugins na barra de endereços. Localize o Java(TM) e clique em desativar.

No Firefox, clique no botão Firefox (campo superior esquerdo)-Complementos. Na nova janela, selecione Plugins. Localize o Java(TM) Platform SE e clique em Desativar.

No Internet Explorer 9, clique no símbolo de uma roda dentada no canto superior direito e selecione Opções da Internet. Clique na caixa Nível personalizado e procure o item Scripts de miniaplicativos Java. Desabilite.

Fonte: IDG Now

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *